Arquivo da tag: mairaonofri

Projeto de painel para TV!

 

apto residencial2

Apartamento residencial no bairro Buritis com painel madeirado para TV e prateleira com iluminação de fita de LED interna

apto residencial

 

Deixe um comentário

Arquivado em ARQUITETURA - Portfólio

_Projeto de Interiores: Sala Comercial_

Tive a oportunidade nestas férias de Julho de 2010, de fazer um projeto de Interiores para uma sala comercial situada na Av. Raja Gabáglia, no bairro São Bento. A sala é para o fotógrafo de moda Daniel Magalhães, onde busquei atender as suas necessidades através de móveis extremamente funcionais de modo que suas exigências fossem alcançadas. Não fiz o projeto luminotécnico da sala pois, em princípio, não era uma prioridade, assim foquei mais no projeto de decoração, materiais, desenhos, cores e etc. Todos os móveis eu desenhei (exceto as cadeiras) e mandei para um marceneiro executar – o que vale ressaltar que o acabamento e trabalho deste marceneiro é muito bom e de fato, me deixou muito feliz!! Todos os móveis são de MDF com acabamento em fórmica brilhante ou fosca (dependendo do móvel) e alguns detalhes com cores quentes, indo do amarelo (“Cromo Real”) para o vermelho (“Vermelho Cardeal”). As cadeiras possuem “as costas” em tonalidade laranja para que as cores quentes possam ser ressaltadas.

A Sala do fotógrafo é divida em dois setores. Na parte da direita (a que já está pronta) é a produção. É lá que ele trabalha e possui sua rotina diária com computadores e serviços gerais de fotografia. Na outra parte, da esquerda (que ainda está inacabada) é onde ele atenderá os clientes; nesta sala haverá ainda televisão, sofá, mesa e etc., para o atendimento mais específico dos clientes.

As fotos abaixo que tirei, resume o projeto, que ainda inacabado e faltando alguns detalhes, está em andamento.

1.

Eu, no meio dos “meus filhos”!! rsrs..

2.

Dois gaveteiros com acabamento em fórmica brilhante e puxadores em porcelana

3.

A sala de produção, com todos os móveis corretamente dispostos

4.

5.

Detalhe na vista lateral das mesas que possui uma barra amarela que transpassa de um apoio ao outro!

6.

7.

Detalhe do móvel que está no chão, que é um armário baixo com trancas (na esquerda) e puxadores em porcelana (na direita), a parte superior também é em fórmica com “Vermelho Cardeal”

8.

Armário aberto/fechado com o fundo em fórmica “Vermelho Cardeal”, na parte fechada ele possui 6 prateleiras dispostas simetricamente.

9.

10.

Estante em formato de prateleiras onde somente nas partes vermelhas, ela tem um fundo brilhante em “Vermelho Cardeal”!

11.

Projeto: Maíra Onofri

Cliente: Daniel Magalhães

Cadeiras: Tok & Stok

Marceneiro: Antônio Carlos da Silva

8 Comentários

Arquivado em ARQUITETURA - Portfólio

_Edifício MAXHAUS_

O Edifício “MAXHAUS” foi um projeto que fiz no 7º período da faculdade.  O programa básico era projetar um prédio comercial vertical, aliado a uma grande praça para convivência, com paisagismo adequado para aquele determinado terreno. Como este projeto localiza-se em um bairro aqui em Belo Horizonte muito adensado e vertical, pensei em uma torre, que se destacasse na paisagem urbana.

A torre possui 18 andares sendo 3 andares de garagens suspensas e 15 andares de salas comerciais e mais um nível de garagem em subsolo. Ele possui também um nível técnico com auditórios e salas de reuniões. No térreo do prédio, existem várias lojas onde estas são convidativas para que os usuários entram e usufruam do espaço como um todo.

Pensei ao projetar este edifício, em blocos que seriam destacados do corpo total do prédio. O resultado foi em 3 grandes blocos de 5 andares “deslocados” (os dois últimos) em 15 graus para a direita de modo que exista somente um eixo principal, conforme desenho 3D que fiz.

Todas as fachadas estão bem orientadas em relação a incidência solar e o grande elemento que envolve o prédio, em vermelho, é o elevador e caixa de máquinas.

Falando um pouco da praça, esta também foi pensada para maximizar a dinâmica do prédio e orientar o usuário para um percurso onde ele pode se envolver com todas as atividades oferecidas. Ela, é uma grande praça com caráter cultural que possui várias estações, sendo elas de descanso, convivência ou de agito e playground para as crianças. Existe um grande anfiteatro onde este é reservado para shows e eventos culturais já que tem um grande palco e arquibancadas para tal.

Abaixo estão algumas imagens 3D (Sketch Up) que fiz do Edifício Maxhaus:

1.

2.

3.

4.

5.

Fiz alguns croquis a mão livre também, que são:

1.2.

3.

obs: o Edifício Maxhaus é o que possui o vermelho, amarelo e azul como cores básicas. Nos croquis que realizei, ainda não tinha definido as cores que usaria, por isso estão em cores neutras. O entorno imediato não foi feito por mim, já estava no arquivo que o professor enviou. A renderização das imagens do programa Sketch Up, não ficou tão boa, pois não apareceu todas as cores com os devidos preenchimentos.

1 comentário

Arquivado em ARQUITETURA - Portfólio

Croquis 05

E para completar esta série  “Croquis” que inaugurei no meu blog; coloco agora este último croqui que fiz de pessoas comuns que via na rua. As observava enquanto andavam e tentei registrar aqui este leve e suave movimento.

1 comentário

Arquivado em ARQUITETURA - Portfólio

Coisas que gosto na Arquitetura_02

4. Rooftop Remodelling,Viena,1988:

Escritório: Coop Himmelblau

5. Museu Judaico em Berlim,2001:

Arquiteto: Daniel Libeskind

(simbolismo aos judeus falecidos – peças esculpidas em ferro)

6. Hotel Unique em São Paulo, 2002:

Um exemplo brasileiro! Para não acharem que gosto só do que está lá fora!hehe.

5 Comentários

Arquivado em AVULSOS

Coisas que gosto na Arquitetura_01:

1. Pavilhão da Holanda em Hanover, 2000:

Escritório: MVRDV

2. Park de la Villette em Paris, 1987-91:

Arquiteto: Bernard Tschumi

3. Santuário do Padre Pio na Itália, 1994:

Arquiteto: Renzo Piano

2 Comentários

Arquivado em AVULSOS

OUSADO E SUSTENTÁVEL

Realmente cada dia que passa, fico mais impressionante com a criatividade das pessoas, principalmente na minha área da Arquitetura. Vincent Callebaut, um arquiteto belgo, criou um projeto que integra a agricultura urbana de Nova York com o próprio tecido urbano da cidade. O resultado é um lindo desenho plural e extremamente ousado onde o prédio é todo auto-sustentável, ecológico, onde cada cidadão torna o seu próprio produtor e assim, habitante de um jardim; contribuindo para a sustentabilidade do planeta. Confiram as fotos desta “utopia”, mas que, quem sabe daqui há alguns anos as pessoas não tomam consciência da necessidade de prédios realmente SUSTENTÁVEIS!

Imagens tiradas deste site.

Deixe um comentário

Arquivado em AVULSOS